Arquivo | julho 2017

Como melhorar a concentração com alimentos

Hoje em dia o número de informações que todos recebemos através da Internet e outros meios de comunicação como TV, jornais e outros é tão grande, que um problema comum para um número cada vez maior de pessoas é conseguir manter a concentração nas tarefas diárias como trabalhar ou estudar…

Quanto mais tempo uma atividade leva, mais complicado é manter o foco. Se você tem dificuldades de se manter concentrado, independentemente da idade, saiba que isso tem uma solução que está ao alcance de todos: a alimentação.

Sim, é possível melhorar a memória e a concentração apenas cuidando da alimentação. E acredite, não há segredo algum, basta adicionar um suplemento como o Neurocaps e alguns alimentos na sua dieta diária e logo começará a sentir os benefícios.

Alimentos que melhoram a memória e a concentração

Uma das causas mais comuns dos problemas com a memória, consiste em manter em uma dieta deficiente e pobre. Portanto, é justamente na alimentação que você conseguirá obter alguns nutrientes poderosos para deixar a mente turbinada e potente, livre de amnésia e deterioração da memória. Invista primeiro em alimentos que contenham nutrientes como sais minerais, vitaminas, antioxidantes e Ômega 3. Eles deixarão seu organismo ativo, com disposição e com a memória em pleno funcionamento. Preparamos uma lista de alimentos que ajudam a melhorar a memória e a concentração, veja:

  • Peixes – sardinhas e salmão são incríveis fontes de ômega 3 e de Coenzima Q10. Opte por consumi-los assados, com ervas finas fica uma delícia.
  • Ovos – a gema do ovo é rica em ácido fólico, ferro, zinco, proteína, fósforo, manganês, potássio. A presença especial é a colina, substância que faz parte das Vitaminas do Complexo B.
  • Mirtilo – tem alto potencial antioxidante, retarda e evita o aparecimento de doenças neurodegenerativas. Leia mais sobre o alimento que é conhecido como a fruta da longevidade.
  • Castanhas – as oleaginosas são fontes de vitamina E, além do complexo B. Também são ricas em nutrientes como selênio e vitamina. Ajudam a pegar no sono e a controlar o peso. Leia mais sobre as castanhas e seu poder nutritivo.
  • Chia – também fonte de Ômega 3, é uma semente originária do México. Muito consumida por civilizações antigas, principalmente, por quem precisava de força e resistência física.
  • Chá verde – possui altas concentrações de antioxidantes, considerados mais potentes que os carotenos e as vitaminas C e E, substâncias que atuam contra as rugas precoces. Incorpore mais chá na sua rotina.
  • Suplementos – você também pode investir em suplementos alimentares que possuem todos esses nutrientes. Existem diversos no mercado que são 100% naturais.

No canal do Curso de Memorização Online Completo, existe um vídeo com mais algumas dicas de alimentos que ajudam na memória e concentração:

Causas da queda de cabelo

Mulheres e homens estão suscetíveis a sofrer com a terrível queda de cabelo. Quando isso acontece, o primeiro reflexo é procurar por alternativas caseiras para resolver esse problema.

Se você tem sofrido com isso, antes de procurar qualquer tipo de tratamento, é preciso que entenda mais ou menos como ela é causada. 

Causas

São muitas as causas que podem promover a queda de cabelo e, consequentemente, diversos tipos de tratamento. Nesse artigo abordaremos as principais causas da queda de cabelo feminina:

  • Déficit alimentar – ausência de algumas vitaminas, sais minerais essenciais para nosso organismo podem causar também a queda de cabelo.
  • Ausência de ferro – a ausência de ferro no organismo pode causar a queda de cabelo.
  • Cuidado diário – o modo como lava e penteia os seus cabelos pode estar causando o enfraquecimento e a queda de cabelo.
  • Química e excesso de calor – a química e o excesso de calor podem causar a perda de aminoácidos, lipídios e outros nutrientes, fazendo com que os fios percam a vitalidade.
  • Estresse – o estresse aumenta os níveis de cortisol no sangue. E isso pode originar entre outras coisas a queda de cabelo.
  • Distúrbios hormonais – problemas de produção hormonal são a causa mais comum na queda de cabelo feminina, assim como o hipotireoidismo.

Para que entenda melhor sobre o funcionamento do crescimento capilar e as causas da queda de cabelo, assista ao vídeo do Dr. Lucas Fustinoni.

Tratamentos

Antes tentar alguns dos tratamentos a seguir, é preciso que consulte um médico dermatologista para que ele possa diagnosticar a causa exata do seu problema e a solução ideal.

  • Soluções naturais – existem muitos métodos caseiros, de uso tópico (direto no couro cabeludo) para ativar o crescimento do cabelo, como uso da babosa, alecrim, óleo de coco e óleo de rícino.
  • Massagem capilar – ao lavar o cabelo, você pode massagear o couro cabeludo, lentamente e em movimentos circulares para poder ativar a circulação sanguínea e aumentar o crescimento dos cabelos.
  • Produtos específicos – existem também produtos de uso tópico disponíveis no mercado, específicos para o tratamento da queda de cabelo.
  • Suplementos alimentares – existem diversos suplementos alimentares disponíveis no mercado que repõem as vitaminas e os sais minerais que nosso organismo precisa para acabar com a queda de cabelo. O Hairloss Blocker funciona com muita eficiência, é um ótimo suplemento para isto.
  • Implante capilar – para casos hereditários e mais severos, o tratamento mais indicado é o implante de fios naturais.

As soluções naturais e cuidados diários para que isso não aconteça são importantes e podem ser seguidas sem restrições. Mas é importante que procure seu médico dermatologista, antes de tentar qualquer outra alternativa por conta própria. Tentar resolver esse problema sozinho não é recomendado, e você pode acabar agravando-o.